Edição 75
Out/nov/dez - 2016

Quase todo dedicado a questões políticas, teóricas e práticas, o último número da revista Inteligência reflete o atual e conturbado período da história do Brasil. Indaga por onde anda o Estado nacional; relembra a obra e a trajetória de Hélio Jaguaribe, pai do nacional-desenvolvimentismo; descreve o surgimento da ciência política brasileira nos anos 60; salienta o desinvestimento em curso na infância e no social em geral, mas também os descaminhos da revolução bolivariana. Para aliviar, uma entrevista com Gérson, o canhotinha da geração de 1970. Boa leitura!